Stop Online Piracy Act

O Stop Online Piracy Act (em tradução livre, Lei de Combate à Pirataria Online), abreviado como SOPA, é um projeto de lei da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos de autoria do representante Lamar Smith e de um grupo bipartidário com doze participantes. O projeto de lei amplia os meios legais para que detentores de direitos de autor possam combater o tráfico online de propriedade protegida e de artigos falsificados. Artigo sobre SOPA na Wikipédia

Google SOPA Protest

Imagino que neste momento você está se perguntando: Que relação tem comigo um projeto de lei dos Estados Unidos?

Eu explico. Uma grande maioria de sites e serviços utilizados estão em servidores nos Estados Unidos (como redes sociais, emails, e este blog), e são assim, afetados diretamente pela legislação americana. Esta lei pode significar o fim de inúmeros sites largamente utilizados como Facebook e Reddit. Alguns links para qualquer conteúdo ilegal pode significar o fim de um site inteiro.

Mesmo que seu site seja hospedado em servidores fora dos EUA, a lei ainda permite que sejam solicitados cancelamentos dos serviços de publicidade (Google Adsense, Federated Media, etc.), serviços monetários (PayPal, Visa, etc.) e bloqueio do acesso ao site pelos provedores de internet americanos.

A lei será votada no dia 24 de janeiro, mas você pode fazer sua parte ajudando a divulgar estas informações. Hoje, dia 18 de janeiro, diversos websites estão fazendo um blackout em protesto ao projeto de lei. Junte-se a eles.


Liberdade na TV

Pessoas falando sobre o Big Brother Brasil é o que não falta. Televisão, revistas, blogs, sites de notícias e portais de conteúdo sem falar das pessoas que estão a nossa volta. Esse é o tipo de programação de qualidade, assistido por diversas famílias de todas as regiões do país incluindo crianças de todas as idades que nossas emissoras de televisão transmitem em horário nobre com o maior orgulho.

Agora, o projeto de lei N° 29/2007 pretende impor cotas de até 50% de conteúdo nacional nos canais de TV por assinatura, mesmo nos internacionais. Quem sofre? O povo! Pois é a parcela do povo brasileiro que paga caro para se livrar de programas como BBB e assistir a conteúdo de qualidade e dar uma educação melhor a seus filhos, baseada em Discovery Channel e National Geographic e Animal Planet ao invés de putaria, bebedeira, testes de dna e novelas mexicanas.

É o governo brasileiro lutando para manter seu povo ignorante, utilizando uma estratégia parecida com a do Pão e Circo usada pelo Império Romano para distrair o povo do que realmente acontecia com o governo escondendo então a corrupção e a roubalheira que assola nossas vidas.