Criptografando conversas no MSN Messenger

Já comentei aqui sobre o quão vulnerável é o protocolo de mensagens do MSN, que sem utilizar qualquer tipo de criptografia, envia e recebe mensagens através da internet sendo estas facilmente interceptadas e capturadas por qualquer pessoa não necessitando de nenhum conhecimento avançado já que existem vários programas para tal. O cenário é facilitado por exemplo em ambientes corporativos, internet a rádio ou cabo, ambientes onde a internet é compartilhada.

Cofre

O que você fala no MSN pode sim, e em muitos casos é interceptado em busca de informações confidenciais. Existem alternativas seguras, porém pouco usadas, como o Jabber. Este utiliza-se do protocolo de comunicação opensource chamado XMPP, o mesmo utilizado pelo Google Talk.

Voltando ao assunto do título, se você não vive longe do MSN, ainda existe solução. A Secway, uma empresa francesa especializada em segurança da informação, possui um software que age como um proxy para o MSN criptografando as mensagens e autenticando os usuários. Para tanto, é necessário que você e seus contatos possuam o programa instalado.

Feito isto, você cria uma chave de até 1024bits 2048bits RSA protegida por senha que será como uma impressão digital servindo para autentica-lo para seus contatos provando assim que você é realmente quem diz ser. Além desta, o software utiliza uma chave de até 128bits AES ou Twofish para criptografar suas mensagens com seus contatos impossibilitando assim a leitura das mensagens, mesmo que sejam interceptadas.

A solução está disponível para MSN, ICQ/AIM, Yahoo! e Jabber/GoogleTalk na plataforma Windows e também para Linux.

Links para download:

O software é gratuito para uso pessoal, tanto em casa quando no ambiente de trabalho, tendo a versão gratuita como única restrição o fato de proteger apenas um protocolo por vez. A versão Pro do produto criptografa mais de uma rede de mensagens instantâneas simultaneamente.

One thought on “Criptografando conversas no MSN Messenger

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>